Archives

Check list do meu pós vida

quarta-feira, 4 de junho de 2014

Eu não gosto de velórios, acredito que a maioria também não goste, e sei que para algumas pessoas é indiferente. Mas eu não gosto mesmo. Mas eu vou. Vou para dar um até breve aos queridos que se vão e também para confortar os queridos que ficam. Com o passar dos anos a nossa ida [...]

Escondido entre um abraço

quinta-feira, 13 de janeiro de 2011

Todo abraço de verdade guarda um silêncio. Um silêncio infinito. Um instante, uma felicidade à toa. Um sentir, sem pensar, sem tentar entender. Um sentir descompromissado. Sabe falar, sabe calar. Esconde palavras que não precisam ser ditas. Guarda segredos. É cúmplice da dor. Não tem ponto final, às vezes reticências, outras vezes exclamação! Abre novas [...]

Só nas entrelinhas

quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

Não, definitivamente não sou essa abreviação que as pessoas costumam achar. Não sou simplesmente comum, sorridente e educada. E mesmo que eu passe a todo instante a impressão que está tudo bem, nem de longe sou tão resumida assim. Não me peça pra explicar os meus medos. Não me peça pra te contar minhas dores. [...]

Beijos Azuis

quarta-feira, 11 de agosto de 2010

Alguém de palavras “indisíveis” e frases soltas. De poemas e rimas. De cartas curtas. Alguém de sonhos. Amores. Ideias. Sorriso fácil e brilho nos olhos. Que ri e chora com a mesma leveza. Alguém com uma força inacreditável, mas com uma fragilidade só vista nas entrelinhas do seu coração. Transparência. Cumplicidade. E busca constante de [...]

Eu cresci

terça-feira, 6 de julho de 2010

Em que momento será que eu cresci? Quando foi que eu saí do banco de trás e passei a dirigir minha própria vida? Quando foi que eu deixei de usar maria chiquinha? Crescer me faz perceber que sou uma eterna aprendiz da vida, que a cada dia descubro um sentimento novo, desvendo meus próprios mistérios, [...]

Momentos para eternizar

quinta-feira, 10 de janeiro de 2008

Palavras mágicas estão me faltando essa manhã. Suas palavras mágicas. Seus suspiros. Seus incontáveis elogios. Conto minha história ao vento, mas em resposta só o silêncio. Ele não alimenta minha alma. Pensei em como é simples isso pra você. Como você faz isso de forma natural. Tenho mania de refletir e pensar nas coisas que [...]