Archives

Sobre olhar…

quinta-feira, 29 de janeiro de 2015

Não é só uma fase eu sei. Isso nunca vai passar. E sigo consciente de todas as incoerências do meu DNA. Tenho tido pouquíssimas certezas. E todos os dias eu coloco em risco muitos dos meus planos. De vez em quando saio de mim. Tenho sempre uma porção deslocada, um pensar equivocado. É que não [...]

Antagonismo

sexta-feira, 11 de julho de 2014

Tenho tido dias incompletos e confusos. Uma vontade louca de pertencer e ao mesmo tempo um louco e inquietante desejo de não ser mais. É aquela mania de sentir além. E nenhum desses sentimentos é pequeno, nenhum deles é pouco, nenhum deles é meio. E não faço a menor ideia de como sentir diferente. Sou [...]

Do que nunca será óbvio

terça-feira, 24 de setembro de 2013

“Não quero ter a terrível limitação de quem vive apenas do que é passível de fazer sentido. Eu não: quero uma verdade inventada.” (Clarice Lispector) O óbvio não me atrai. Não sei escrever sobre ele. O sentido denotativo vai na contramão do meu ser. É que há um tanto de dor, e tristeza, e (in)conformismo [...]

A Culpa é das Estrelas

sexta-feira, 15 de março de 2013

“Os verdadeiros heróis, no fim das contas, não são as pessoas que realizam certas coisas; os verdadeiros heróis são as que REPARAM nas coisas”. E depois desse livro, ando assim, não deixo passar os detalhes, as metáforas e nem mesmo os mais sutis dos gestos. Nem sei entender direito, mas nunca mais sou a mesma [...]

Estoque de sentimentos

segunda-feira, 14 de fevereiro de 2011

Confesso que hoje está complicado de colocar o que estou sentindo aqui dentro de mim em palavras. As sensações nesse momento da minha vida estão à flor da pele. Tudo que sinto vem de forma intensa. Um estoque ilimitado de sentimentos, que já não cabem mais em mim. Uma vontade de dividir os detalhes, de [...]

Escondido entre um abraço

quinta-feira, 13 de janeiro de 2011

Todo abraço de verdade guarda um silêncio. Um silêncio infinito. Um instante, uma felicidade à toa. Um sentir, sem pensar, sem tentar entender. Um sentir descompromissado. Sabe falar, sabe calar. Esconde palavras que não precisam ser ditas. Guarda segredos. É cúmplice da dor. Não tem ponto final, às vezes reticências, outras vezes exclamação! Abre novas [...]

Beijos Azuis

quarta-feira, 11 de agosto de 2010

Alguém de palavras “indisíveis” e frases soltas. De poemas e rimas. De cartas curtas. Alguém de sonhos. Amores. Ideias. Sorriso fácil e brilho nos olhos. Que ri e chora com a mesma leveza. Alguém com uma força inacreditável, mas com uma fragilidade só vista nas entrelinhas do seu coração. Transparência. Cumplicidade. E busca constante de [...]

Fotografias são para se sentir

sexta-feira, 23 de abril de 2010

A fotografia é testemunha de um momento. É testemunha da nossa vida. Da nossa história. Por isso foram feitas pra se sentir. Porque sentir é verdadeiro, sincero. Sentir é traduzir o momento. É lembrar um cheiro, um beijo um sabor. É recordar um tempo, um abraço, um sorriso. É ouvir a voz, é ver a [...]

Reinventando

terça-feira, 2 de março de 2010

Tem dias que a gente está incrivelmente complexa. Tenho acordado tão cansada das mesmas coisas, tão repetidas, tão iguais. Queria pegar uma estrada. Sem rumo. Queria viajar. Ir pra longe, longe ficar. Novas paisagens, um novo pôr-do-sol, em novas gotas de chuva me molhar. Hoje eu queria vento no rosto, abraçar a liberdade sem medo [...]

Os Cinco Sentidos

segunda-feira, 5 de fevereiro de 2007

Olhe as cores, ouça o som, sinta o toque, o cheiro e o gosto do mundo. Assim saberá que ele existe. O material é tão instável, e de repente desaparece. É preciso saber ouvir, sentir, saborear, tocar. Porque os cinco sentidos cobram vitalidade. Então você pode ouvir as vozes da natureza e ver as belezas [...]