Archives

Daquela nossa infância

sexta-feira, 11 de outubro de 2013

E se tem uma coisa que já nasce bonita é a infância. Ainda custo a entender a eternidade dela em minha vida. É que diante das recordações, lembro sempre quem eu sou. Não daquilo que se pode ver ou ouvir, mas daquele mistério escondido, perdido no meio de um faz de conta real. Foi na [...]

Tua ausência

quarta-feira, 20 de julho de 2011

É apenas o acúmulo de muitas coisas. Hoje é o meu dia, o dia de chorar, simplesmente chorar e mandar embora tudo que me deixa mal, mesmo que eu não saiba ao certo o que é. Não posso dizer se é tristeza, pois não me sinto uma pessoa triste. É uma falta, eu acho. Falta [...]

Eu acredito e você?

terça-feira, 25 de setembro de 2007

Eu acredito que existem coisas que valem a pena acreditar. Eu acredito em poesias perfeitas, escritas com o coração. Eu acredito em beleza, encanto, inspiração. Eu acredito em simplicidade, entrega, naturalidade. Eu acredito em cumplicidade. Eu acredito na força do tempo. Eu acredito que todos erram, mas acredito mais ainda no perdão. Eu acredito em [...]

Pai, saudade!

segunda-feira, 7 de agosto de 2006

Eu lembro do meu pai quando estou alegre, quando estou triste, quando acontecem coisas boas ou quando acontecem coisas ruins. Estou sempre lembrando dele. Já faz um tempo que ele partiu, mas hoje falar dele não me traz tristeza, somente recordações. Antigas emoções. No meu coração ficou uma enorme e intensa saudade, porque não mais [...]

“Antes que elas cresçam”

domingo, 6 de agosto de 2006

Desde o dia que minha filhotinha voltou das férias de um mês na casa da avó, tenho observado com grande admiração e um certo espanto seu crescimento, não só de tamanho. Muitas vezes sou surpreendida por suas frases e perguntas, ao meu ver um tanto precoces, mas que encaro com naturalidade. É incrível a plasticidade [...]