Sobre você crescer…

Como não escrever sobre você hoje?
E como encontrar palavras em meu vocabulário que possam definir bem quão importante é a sua presença em minha vida?
Queria poder verbalizar tudo o que meu coração grita agora. Todos os meus sentires. Todos os meus infinitos, intensos, exagerados, suspirosos ou exclamativos viveres.
Então vem. Vem, que eu te deixo escolher a cor dos seus sonhos. Vem, que eu te deixo escolher a próxima canção. Vem, que eu te deixo livre pra ser quem você quiser e pra fazer da sua vida a trilha sonora do seu próprio filme.
Sim, porque é todo seu o direito à contradição. Por vezes menina de riso fácil e coração aberto, por vezes mulher. Mulher de muitas fases. Que se permite ser inconstante e faz disso seu charme. Em todos os seus dias nenhum momento é previsível. Você sempre esteve e estará pelo avesso, e essa sua versão é inegável. Tem um lado frágil, delicado, inseguro e carente. Mas é cheia de exigências. E só faz questão do que e de quem ama. Não segue a moda e a moda não te segue. Tem seu estilo próprio. Só usa roupa preta, mas tem a alma com mais cores que o arco-íris. Gosta de música velha, e de gente mais velha que tem muito que contar. Mas não tentem te contar o último capítulo da novela, nem perguntem sua opinião sobre Reality Shows. Pra você, isso é coisa vazia demais que nunca faz bem ao coração.
Você que se emociona todo dia. Que chora e ri sem saber o motivo. Que chora e ri ao mesmo tempo, mas que ri de quase tudo. Que faz brincadeira idiota, que parece meio doida, mas no fundo sabe muito bem o que quer. Você que lê e escreve escutando música alta. Que escreve capítulos imensos de histórias inventadas, mas tem dificuldade de escrever uma mensagem de feliz aniversário. Que adora o cheiro de livros novos. Que tem gastura de gente que conversa cutucando. Que pinta a unha antes de ir dormir e acorda com ela toda amassada e nunca aprende a lição. Você que muda de humor mil vezes durante o dia. Às vezes muito sentimental e outras vezes fria e calculista. Que tem um monte de caras, um monte de risadas, da mais escandalosa até aquela do tipo “nem teve graça”. Você que tem sua própria personalidade e não é influenciável pelos outros. Que sente saudade, raiva, alegria, tristeza, na maioria das vezes, tudo ao mesmo tempo.
Que gosta de gente meio louca. De cabelo colorido. Que acha demais gente que tem estilo, seja ele qual for.
Você que toca guitarra e leva a vida cantando. Mas morre de vergonha de mostrar seu talento. Que tem poucos amigos, mas que os ama como se fossem de outras vidas. E devem ser.
Você que se mete e me mete em um monte de projetos. Que lidera e é sempre a primeira a levantar a mão.
Você que detesta que te rotulem. Ou que te definam com uma ou duas palavras sem te conhecerem bem. Que não entende quando fazem pré-julgamentos sobre você, tomando por base o que parece ser. Porque você não é mais uma. Só vão te entender quando te conhecerem. Conhecerem sua essência e te admirarem justamente pelas constantes incoerências.
Você que apesar de ser a pessoa mais indecisa do mundo, tem sua vida toda na cabeça. Pode ser que aconteça tudo diferente, mas nunca vai desistir de sonhar. E continua traçando todo seu caminho, infinitas vezes. Não importa. Você sabe onde quer chegar.
E pra você, meu amor, eu sempre vou estar aqui. Sabendo das suas fraquezas, medos, crises. Conhecendo seu sono e seu sonho e lutando pela sua felicidade tanto ou mais que você mesma. Sabendo das suas manias mais bobas. Mas sabendo ainda que, apesar de tudo isso, amor dentro de você tem, e tem de sobra!
Sei que o tempo passa e leva consigo tantas coisas… Mas que ele te deixe sempre o brilho no olhar. Que não te roube a palavra, que não te roube a inspiração…
E se crescer, muitas vezes é abafar o riso em público, é deixar de falar o que pensa por não ser o momento adequado, é deixar de brigar pelo último pedaço, então não cresça. Não desse jeito. Gente grande é muito limitada. Sobreviva de bobagens. Deixe apenas suas ideias ficarem mais altas, sua aquarela mais colorida e seus dedos ainda mais lambuzados de sonhos. Viva com mais emoção, mais vida, mais sentimento, mais verdade, mais amor, mais saudade, mais reticências, mais sorrisos sinceros, mais amigos cúmplices, mais olhos nos olhos, mais poesia, mais corações batendo juntos, mais sintonia de almas, mais abraços apertados e dias bem vividos! Viva observando o mundo com olhos de criança e acreditando que cada mínimo detalhe é dádiva. E acredite que estar perto é menos físico que a gente pensa.
Queira o amanhã. Mas sem essa pressa desmedida do mundo.
Vida não é segundo, é instante eternizado.

Te amo, infinitas vezes maior que o sol!

Mamãe.

Stella Verçosa

“Se a gente faz o que manda o coração, lá na frente tudo se explica.” [F.M]

ChristineVerçosa

Tags: , , , , , , , , , , , , , , ,

2 respostas para Sobre você crescer…

  1. Eduardo disse:

    Lindas palavras… 50% fui eu que fiz! bjs.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>