Meu mundo e nada mais

Cultivo um mundo secreto.
E passo um longo tempo nesse caminho. É lá que encontro o eterno. É lá, um espaço de tempo, onde minha única certeza é de que nada será igual ao que era antes.
Improvável não, apenas imprevisível.
Um lugar para os poucos que acreditam em poesia. Que vêem muito mais com o coração.
Onde as cores são infinitamente mais brilhantes, os cheiros intensamente mais inebriantes e os sabores perdidamente mais gostosos.
Onde nunca nada permanece no mesmo lugar por muito tempo. A não ser o tempo que o meu coração permite.
Onde as estrelas são os pedacinhos de vida que passaram em nossa vida e agora sorriem docemente para nossa alma.
Onde eu posso ser uma, duas, quem eu quiser, quem meu humor inventar para aquele momento.
Onde eu posso sentir a flor da pele.
Onde o céu nunca perde seus azuis, e onde sempre bons sonhos me esperam.
Onde a grande riqueza que se pode encontrar são os pequenos detalhes.
Onde a única bagagem que se leva, são de bens duráveis e intangíveis: nossos afetos e todo o amor que trazem em seu coração.
Onde a única urgência é a de amar.
Onde o agora, pode durar infinitamente.
É nesse lugar que posso tudo.
E esse lugar sou eu. “Quero ser o lugar onde Deus gosta de estar…”

“O meu mundo perfeito não é menos real do que o seu, Don Octávio.”. (Do filme, Don Juan DeMarco)

Stella Verçosa

Tags: , , , , , , , , ,

3 respostas para Meu mundo e nada mais

  1. Eduardo disse:

    Lindo. Espero que nesse mundo há um lugarzinho, por menor que seja, para poder lembrar de mim, quem tanto de admira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>