Archives

Dias singulares

sexta-feira, 16 de dezembro de 2016

E de repente há um mundo entre nós E a falta de palavras cria uma distância quilométrica O que dói é não achar sentido mais nas coisas Muita vida passou, seria muito ingênuo acreditar que seríamos imunes Onde foi que as coisas pararam de acontecer? Tem dias assim, de indecisões doídas Dias que não quero [...]

Sobre você crescer…

segunda-feira, 28 de dezembro de 2015

Como não escrever sobre você hoje? E como encontrar palavras em meu vocabulário que possam definir bem quão importante é a sua presença em minha vida? Queria poder verbalizar tudo o que meu coração grita agora. Todos os meus sentires. Todos os meus infinitos, intensos, exagerados, suspirosos ou exclamativos viveres. Então vem. Vem, que eu [...]

Transição

domingo, 6 de dezembro de 2015

Assim, de susto, decidimos mudar. Mudar tudo! Mudar de casa… Mudar de cidade… É quase como mudar de vida. E mudamos porque a vida mudou. Ou porque queremos que ela mude. Sonhar já não tem nos bastado. Mas não se escolhe rotas novas sem deixar caminhos antigos pra trás. Não é possível encher nossas malas [...]

Sobre olhar…

quinta-feira, 29 de janeiro de 2015

Não é só uma fase eu sei. Isso nunca vai passar. E sigo consciente de todas as incoerências do meu DNA. Tenho tido pouquíssimas certezas. E todos os dias eu coloco em risco muitos dos meus planos. De vez em quando saio de mim. Tenho sempre uma porção deslocada, um pensar equivocado. É que não [...]

Antagonismo

sexta-feira, 11 de julho de 2014

Tenho tido dias incompletos e confusos. Uma vontade louca de pertencer e ao mesmo tempo um louco e inquietante desejo de não ser mais. É aquela mania de sentir além. E nenhum desses sentimentos é pequeno, nenhum deles é pouco, nenhum deles é meio. E não faço a menor ideia de como sentir diferente. Sou [...]

Check list do meu pós vida

quarta-feira, 4 de junho de 2014

Eu não gosto de velórios, acredito que a maioria também não goste, e sei que para algumas pessoas é indiferente. Mas eu não gosto mesmo. Mas eu vou. Vou para dar um até breve aos queridos que se vão e também para confortar os queridos que ficam. Com o passar dos anos a nossa ida [...]

Daquela nossa infância

sexta-feira, 11 de outubro de 2013

E se tem uma coisa que já nasce bonita é a infância. Ainda custo a entender a eternidade dela em minha vida. É que diante das recordações, lembro sempre quem eu sou. Não daquilo que se pode ver ou ouvir, mas daquele mistério escondido, perdido no meio de um faz de conta real. Foi na [...]

Do que nunca será óbvio

terça-feira, 24 de setembro de 2013

“Não quero ter a terrível limitação de quem vive apenas do que é passível de fazer sentido. Eu não: quero uma verdade inventada.” (Clarice Lispector) O óbvio não me atrai. Não sei escrever sobre ele. O sentido denotativo vai na contramão do meu ser. É que há um tanto de dor, e tristeza, e (in)conformismo [...]

A Culpa é das Estrelas

sexta-feira, 15 de março de 2013

“Os verdadeiros heróis, no fim das contas, não são as pessoas que realizam certas coisas; os verdadeiros heróis são as que REPARAM nas coisas”. E depois desse livro, ando assim, não deixo passar os detalhes, as metáforas e nem mesmo os mais sutis dos gestos. Nem sei entender direito, mas nunca mais sou a mesma [...]

Meu mundo e nada mais

quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

Cultivo um mundo secreto. E passo um longo tempo nesse caminho. É lá que encontro o eterno. É lá, um espaço de tempo, onde minha única certeza é de que nada será igual ao que era antes. Improvável não, apenas imprevisível. Um lugar para os poucos que acreditam em poesia. Que vêem muito mais com [...]

Tua ausência

quarta-feira, 20 de julho de 2011

É apenas o acúmulo de muitas coisas. Hoje é o meu dia, o dia de chorar, simplesmente chorar e mandar embora tudo que me deixa mal, mesmo que eu não saiba ao certo o que é. Não posso dizer se é tristeza, pois não me sinto uma pessoa triste. É uma falta, eu acho. Falta [...]

Para minha Chris: Infinitas vezes maior que o sol!

terça-feira, 31 de maio de 2011

Você foi feita pra mim, especialmente pra mim eu sei. Pois eu sinto seu cheirinho em uma manhã cinzenta simplesmente por ter pensado em você. E você tem um cheirinho doce de infância e travessuras, a coisa mais gostosa do mundo. E você não desgruda de mim um segundo quando estamos só nós duas. Meu [...]

Fora de moda

sexta-feira, 25 de março de 2011

Sonhei com uma vida fora de moda. Com sentimentos a flor da pele, amor contagiante e desejos intensos. Encontrei você e muito mais: encontrei um amor sem medo, sem dúvidas e cheio de sonhos. Com você encontrei histórias e surpresas. Romantismo e companheirismo. Encontrei poesia, música, rítmo, rima. E hoje, ouvindo essa música eu lembrei [...]

Não importa

sexta-feira, 18 de março de 2011

Hoje acordei tão feliz, e com os olhos tão brilhantes, que nem sei explicar… Uma sensação boa, que apesar de todos os dissabores do dia a dia, senti que tudo tem uma solução, e se não tiver, é porque não tem que ser mesmo. Hoje acordei mais leve, com o amor transbordando dos meus poros, [...]

Estoque de sentimentos

segunda-feira, 14 de fevereiro de 2011

Confesso que hoje está complicado de colocar o que estou sentindo aqui dentro de mim em palavras. As sensações nesse momento da minha vida estão à flor da pele. Tudo que sinto vem de forma intensa. Um estoque ilimitado de sentimentos, que já não cabem mais em mim. Uma vontade de dividir os detalhes, de [...]

Escondido entre um abraço

quinta-feira, 13 de janeiro de 2011

Todo abraço de verdade guarda um silêncio. Um silêncio infinito. Um instante, uma felicidade à toa. Um sentir, sem pensar, sem tentar entender. Um sentir descompromissado. Sabe falar, sabe calar. Esconde palavras que não precisam ser ditas. Guarda segredos. É cúmplice da dor. Não tem ponto final, às vezes reticências, outras vezes exclamação! Abre novas [...]

Só nas entrelinhas

quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

Não, definitivamente não sou essa abreviação que as pessoas costumam achar. Não sou simplesmente comum, sorridente e educada. E mesmo que eu passe a todo instante a impressão que está tudo bem, nem de longe sou tão resumida assim. Não me peça pra explicar os meus medos. Não me peça pra te contar minhas dores. [...]

Saber viver

sexta-feira, 5 de novembro de 2010

De vez em quando penso que ser feliz é uma arte, saber viver bem e feliz requer muita dose de trabalho e vontade e nem sempre é possível. Nós acordamos e vemos o mundo de uma maneira um dia, no outro ele está completamente diferente. Mas tem pessoas que conseguem enxergar as coisas como elas [...]

Metades de mim

sábado, 11 de setembro de 2010

Tenho andado tão plural. Como diz Martha Medeiros: ¨São tantas mulheres em uma só¨. Uma parte de mim quer conquistar o mundo, mas a outra insiste em fazer bolinho de chuva e assistir seção da tarde em plena quarta-feira com minha filha. Sentimentos antagônicos. Tenho tentado equilibrar isso há uma década, mas a cada dia [...]

Beijos Azuis

quarta-feira, 11 de agosto de 2010

Alguém de palavras “indisíveis” e frases soltas. De poemas e rimas. De cartas curtas. Alguém de sonhos. Amores. Ideias. Sorriso fácil e brilho nos olhos. Que ri e chora com a mesma leveza. Alguém com uma força inacreditável, mas com uma fragilidade só vista nas entrelinhas do seu coração. Transparência. Cumplicidade. E busca constante de [...]

Eu cresci

terça-feira, 6 de julho de 2010

Em que momento será que eu cresci? Quando foi que eu saí do banco de trás e passei a dirigir minha própria vida? Quando foi que eu deixei de usar maria chiquinha? Crescer me faz perceber que sou uma eterna aprendiz da vida, que a cada dia descubro um sentimento novo, desvendo meus próprios mistérios, [...]

Fotografias são para se sentir

sexta-feira, 23 de abril de 2010

A fotografia é testemunha de um momento. É testemunha da nossa vida. Da nossa história. Por isso foram feitas pra se sentir. Porque sentir é verdadeiro, sincero. Sentir é traduzir o momento. É lembrar um cheiro, um beijo um sabor. É recordar um tempo, um abraço, um sorriso. É ouvir a voz, é ver a [...]

Reinventando

terça-feira, 2 de março de 2010

Tem dias que a gente está incrivelmente complexa. Tenho acordado tão cansada das mesmas coisas, tão repetidas, tão iguais. Queria pegar uma estrada. Sem rumo. Queria viajar. Ir pra longe, longe ficar. Novas paisagens, um novo pôr-do-sol, em novas gotas de chuva me molhar. Hoje eu queria vento no rosto, abraçar a liberdade sem medo [...]

Definições para a vida

quarta-feira, 10 de fevereiro de 2010

Sempre tentei encontrar definições para minha vida. Qual meu lugar, qual meu papel? O que devo ser? Como devo me comportar? Será que quero isso pra sempre? Hoje, chego a conclusão que a vida não tem definição alguma. Ela é tão transitória que qualquer definição seria precipitada. Sei quem eu sou, sei o que faço [...]

Bodas

sexta-feira, 3 de abril de 2009

Acho que nunca soube definir o que seria o amor, se é que existe alguma definição para isso, mas só sei que ele nos transforma em alguém que antes a gente mesmo não conhecia. E esse processo é tão bom, um turbilhão de emoções, uma mistura de ritmos. Mas com muita sintonia e muito compasso. [...]

Qualquer dia deve ser dia 12

segunda-feira, 16 de junho de 2008

Te pertenço além do tempo, além dos sonhos, e muito além do real… Sou tua…não importa aonde estou, aonde vou, ou mesmo se vou… Somos verdadeiros amantes de alma, Nada existe… Nada importa… Somente nossos momentos… Sou sua pelo que sinto por você… Sou sua porque me vejo no seu olhar… Sou sua pelo prazer [...]

Momentos para eternizar

quinta-feira, 10 de janeiro de 2008

Palavras mágicas estão me faltando essa manhã. Suas palavras mágicas. Seus suspiros. Seus incontáveis elogios. Conto minha história ao vento, mas em resposta só o silêncio. Ele não alimenta minha alma. Pensei em como é simples isso pra você. Como você faz isso de forma natural. Tenho mania de refletir e pensar nas coisas que [...]

Eu acredito e você?

terça-feira, 25 de setembro de 2007

Eu acredito que existem coisas que valem a pena acreditar. Eu acredito em poesias perfeitas, escritas com o coração. Eu acredito em beleza, encanto, inspiração. Eu acredito em simplicidade, entrega, naturalidade. Eu acredito em cumplicidade. Eu acredito na força do tempo. Eu acredito que todos erram, mas acredito mais ainda no perdão. Eu acredito em [...]

“O essencial é invisível para os olhos”

sexta-feira, 3 de agosto de 2007

O Entrando em Cen@ está completando 1 ano, e percebo que não escrevi metade dos textos que imaginei. Mas cada um deles foi importante e me trouxe novos amigos. Engraçado, quantas vidas passam pela nossa vida sem que a gente saiba a diferença que fizeram para nós. Com tantas facilidades de comunicação, orkut, chat e [...]

Nova Versão 3.0

sexta-feira, 6 de julho de 2007

Quando eu tinha meus 12 anos, imaginava que aos trinta eu seria uma empresária super bem sucessida, como aquelas de novela, trabalharia meio período e no outro teria tempo de sobra pra levar meu casal de filhos para ballet, natação, judô, inglês, ginástica olímpica, equitação, música, e todos os cursos disponíveis. Enquanto isso eu iria [...]