Monthly Archives: agosto 2006

À flor da pele não cabe no frio

terça-feira, 29 de agosto de 2006

“Um dia frio Um bom lugar prá ler um livro E o pensamento lá em você Eu sem você não vivo Um dia triste Toda fragilidade incide E o pensamento lá em você E tudo me divide” (Djavan) Não tenho nada contra a chuva, ela é até boa em um final de dia quente. Também [...]

Minha vida tem trilha sonora

segunda-feira, 28 de agosto de 2006

Não consigo ouvir uma música e não pensar em sua poesia. Por isso quando gosto de uma música em outra língua, corro para a internet pesquisar a letra. E quando é uma letra vazia perde o brilho, já não tem a mesma graça. É claro que uma música não se faz só com a letra, [...]

Astéria na Mitologia Grega

segunda-feira, 21 de agosto de 2006

A Grécia sempre me provocou suspiros: o romantismo das ilhas, as praias paradisíacas, o azul do mar, o encontro do Oriente e o Ocidente, a presença dos deuses, a grandiosidade dos templos, o mistério das ruínas… Comecei a gostar de mitologia grega aos 13 anos, quando precisei fazer um trabalho e ler os livros Ilíada [...]

Pedaços de outros tempos

domingo, 13 de agosto de 2006

“A imagem da criança representa a mais poderosa e inelutável ânsia em cada ser humano, ou seja, a ânsia de realizar a si próprio”. (Jung) Muitas vezes esquecemos de permitir que a maravilha e a beleza da vida e do mundo penetrem em nossos corações. Precisamos de simples momentos para descobrirmos nossa criança interior. Aquela [...]

Pai, saudade!

segunda-feira, 7 de agosto de 2006

Eu lembro do meu pai quando estou alegre, quando estou triste, quando acontecem coisas boas ou quando acontecem coisas ruins. Estou sempre lembrando dele. Já faz um tempo que ele partiu, mas hoje falar dele não me traz tristeza, somente recordações. Antigas emoções. No meu coração ficou uma enorme e intensa saudade, porque não mais [...]

“Antes que elas cresçam”

domingo, 6 de agosto de 2006

Desde o dia que minha filhotinha voltou das férias de um mês na casa da avó, tenho observado com grande admiração e um certo espanto seu crescimento, não só de tamanho. Muitas vezes sou surpreendida por suas frases e perguntas, ao meu ver um tanto precoces, mas que encaro com naturalidade. É incrível a plasticidade [...]

“Bom mesmo é ser feliz e mais nada!”

sábado, 5 de agosto de 2006

Felicidade… Esse talvez seja o sentimento mais difícil de se decifrar. Todo mundo busca, a todo momento, mas ninguém consegue explicar ao certo o que realmente o faz ou faria feliz. O conceito de felicidade é único pra cada pessoa, a sua felicidade não é igual a do outro. Cada um tem que buscar a [...]

Aprendemos mais hoje do que antes da internet?

sexta-feira, 4 de agosto de 2006

É incrível como uma simples pergunta possa causar tanta controvérsia. Essa questão foi lançada pela professora no meio de uma aula de Estudo dos Meios. O incrível é que os mais jovens, a moçada de 18, 19 anos, que teve quase todo seu ciclo escolar amparado pela internet, afirmou com convicção que NÃO, que aprendiam [...]

Tudo tem um começo

quinta-feira, 3 de agosto de 2006

Não sei se há um dia certo pra se começar alguma coisa nova. Talvez na segunda-feira, como todos os regimes, talvez após a virada do ano, quando a gente faz milhões de promessas e planos para o novo ciclo que se inicia. Eu particularmente acho que só tem um dia que a gente deva começar [...]